Entenda! O que é root? Suas vantagens e riscos no android

O que é root?  Quais as vantagens e riscos?

São inúmeras perguntas envolvendo o processo de root, principalmente: Como fazer root?, Quais as vantagens e desvantagens que o root pode ter  no aparelho?. Vamos com calma, e responderemos todas essas perguntas.

Inicialmente vamos falar do significado da palavra “Root“, muitos usuários conhecem esse termo há anos, mas nem todos sabem o que é root e muito menos como fazer, principalmente os iniciantes. Por isso e muito mais, explicaremos o conceito de root em palavras objetivas e claras.

Conceito de Root

O root ou rooting é um processo realizado em dispositivos com Android, no qual permite que o usuário execute comandos ou dê acesso privilegiado a certos aplicativos, que não são comuns ao padrão do sistema operacional. O nome desse processo (Root) vem do fato que o Android foi criado com base no Linux, onde o mesmo possui superusuário, acesso ao terminal de comando baseado em códigos e toda a configuração e arquivos do sistema é acessível e não tem restrições ao usuário.

Vantagens e benefícios do processo

Como foi explicado, fazer o root no seu aparelho significa se tornar um superusuário. Isso implica não somente ter acesso a partes inacessíveis do Android, mas também traz inúmeras possibilidades para o usuário, e uma das grandes vantagens é ter controle total do seu aparelho.

Assim, é possível fazer várias alterações no sistema operacional que antes eram impensáveis, como modificar o clock do processador, apagar aplicativos pré-instalados (bloatwares) ou até mesmo do sistema, tirar dependências da fabricante ou da operadora, modificar o modo de consumir a bateria, sendo possível remover processos desnecessários, assim alterando o desempenho de componentes.

O processo de root não é somente fixo ao Android, ele possibilita a instalação de diferentes ROMs, atualizações do android sem permissão da fabricante do aparelho, podendo até colocar um novo S.O no aparelho como o Linux.

E os riscos ou as desvantagens?

Depois de todos os benefícios ou vantagens aqui explicadas, dá o parecer que os riscos são desnecessários, mas não é bem assim. As vantagens podem se tornar uma maldição se você não souber o que está fazendo, como o root dá controle total ao usuário, todos os arquivos do sistema ficam expostos e podem até mesmo ser apagados facilmente, e isso pode causar a inutilização do aparelho.

A realização do processo de root também é instável a falhas e pode causar o “brick” no dispositivo, pode também entrar em loop infinito.

A segurança também é outra questão de risco!  O Android vem limitado por questões fundamentais, os principais motivos para isso é o risco de que o usuário possa fazer coisas desnecessárias com o “superpoder do root” e, talvez o mais importante, o risco de um vírus assumir o domínio do aparelho por completo, mesmo sabendo que aplicativos maliciosos existem, eles podem também afetar celulares que não são rooteados.

Perda de Garantia e Manutenção

A modificação do sistema operacional é uma violação do contrato de garantia de operadoras e fabricantes com o cliente. Embora isso não seja crime, a ação anulará qualquer possibilidade de garantia, reparo e mesmo que ela seja desfeita. Por fim, o celular não receberá mais atualizações oficiais via OTA (over-the-air), que é o download direto pelo Wi-Fi com instalação automática, após isso, você precisará fazer todo o processo manualmente.

Dicas e Conclusão

Por isso é necessário muito cuidado e conhecimento para realizar o procedimento de root. Porém, é bom ver a possibilidade de sempre aprender coisas novas e tirar o máximo proveito do seu aparelho, uma dica essencial é: Baixe a ROM original do seu smartphone e guarde-a, caso dê algum erro é possível reverter tudo isso e colocar o seu aparelho como era antes, pelo PC usando o Odin.